Cartas

Taxonomy

Code

Scope note(s)

Source note(s)

Display note(s)

Hierarchical terms

Cartas

Equivalent terms

Cartas

Associated terms

Cartas

27 Archival description results for Cartas

27 results directly related Exclude narrower terms

OPINIÕES E CORRESPONDÊNCIAS SOBRE O LIVRO “EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA-ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS”1975-1978.

Recortes de jornais com análises e correspondências com agradecimentos sobre o livro “Educação Moral e Cívica-Estudo de Problemas Brasileiros”, de Geraldo Bezerra de Menezes. Constam comentários acerca da obra e da importância do assunto para a educação nacional e a formação dos jovens.

OPINIÕES E CORRESPONDÊNCIAS SOBRE O LIVRO “EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA-ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS”1975-1978.

Recortes de jornais com análises e correspondências com agradecimentos sobre o livro “Educação Moral e Cívica-Estudo de Problemas Brasileiros”, de Geraldo Bezerra de Menezes. Constam comentários acerca da obra e da importância do assunto para a educação nacional e a formação dos jovens.

CORRESPONDÊNCIA SOBRE A OBRA “O COMUNISMO CRÍTICA DOUTRINÁRIA”1971-1978.

Cartas enviadas ao Ministro Geraldo Bezerra de Menezes, em razão do envio da obra “O Comunismo-Crítica Doutrinária”. As correspondências mencionam aspectos que Geraldo utilizou ao fazer a obra, como o professor da Universidade Católica de Pernambuco, Raymundo Dall’Agnol, fala que “o estilo sintético e preciso, a farta documentação bibliográfica e a divisão metódica do texto fazem do livro um instrumento prático e proveitoso”.

CORRESPONDÊNCIA SOBRE A OBRA “O COMUNISMO CRÍTICA DOUTRINÁRIA”1971-1978.

Cartas enviadas ao Ministro Geraldo Bezerra de Menezes, em razão do envio da obra “O Comunismo-Crítica Doutrinária”. As correspondências mencionam aspectos que Geraldo utilizou ao fazer a obra, como o professor da Universidade Católica de Pernambuco, Raymundo Dall’Agnol, fala que “o estilo sintético e preciso, a farta documentação bibliográfica e a divisão metódica do texto fazem do livro um instrumento prático e proveitoso”.

OPINIÕES E CORRESPONDÊNCIAS SOBRE O LIVRO “EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA-ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS”1975-1978.

Recortes de jornais com análises e correspondências com agradecimentos sobre o livro “Educação Moral e Cívica-Estudo de Problemas Brasileiros”, de Geraldo Bezerra de Menezes. Constam comentários acerca da obra e da importância do assunto para a educação nacional e a formação dos jovens.

OPINIÕES E CORRESPONDÊNCIAS SOBRE O LIVRO “EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA-ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS”1975-1978.

Recortes de jornais com análises e correspondências com agradecimentos sobre o livro “Educação Moral e Cívica-Estudo de Problemas Brasileiros”, de Geraldo Bezerra de Menezes. Constam comentários acerca da obra e da importância do assunto para a educação nacional e a formação dos jovens.

RECORTES E CORRESPONDÊNCIAS DA FAMÍLIA BEZERRA DE MENEZES. 1865-1984.

Documento contendo poema e oração de São Francisco de Assis de Tito Portocarrero Bezerra de Menezes. Texto “Para que servem as mãos”. “Poesia matemática” de J.M.Villegas. Discurso proferido pelo Prof . Tito Portocarrero Bezerra de Menezes. Documentos de Sara Montedônio Bezerra de Menezes. Texto intitulado “Palheta adormecida de Armando Leite, por Armando Gonçalves”. Poesia oferecida aos soldados cearenses, por Antônio Bezerra de Menezes.

ESCRITURA DE TERRA-FAMÍLIA BEZERRA DE MENEZES. SÉCULO XVIII. CARTA DE ANTÔNIO PINHEIRO LOBO A ROSA JOSEFA DO SACRAMENTO. TESTAMENTO DE JERÔNIMO BEZERRA DE MENEZES.

Documento contendo Escritura de compra feita pelo Major José Pinheiro Lobo de terreno pertencente à Família Bezerra de Menezes do Século XVIII. Carta de Antônio Pinheiro Lobo a Rosa Josepha do Sacramento. Testamento de Jerônimo Bezerra de Menezes.

CORRESPONDÊNCIA SOBRE A OBRA “O COMUNISMO CRÍTICA DOUTRINÁRIA”1971-1978.

Cartas enviadas ao Ministro Geraldo Bezerra de Menezes, em razão do envio da obra “O Comunismo-Crítica Doutrinária”. As correspondências mencionam aspectos que Geraldo utilizou ao fazer a obra, como o professor da Universidade Católica de Pernambuco, Raymundo Dall’Agnol, fala que “o estilo sintético e preciso, a farta documentação bibliográfica e a divisão metódica do texto fazem do livro um instrumento prático e proveitoso”.

Results 1 to 20 of 27